Unidades de medida elétrica: o que é ampere, volt e watt?

Conhecer as grandezas e unidades elétricas ajuda a fazer escolhas mais certeiras e aumenta a segurança de casas e empresas

 

Como uma rotina cada vez mais preenchida por aparelhos eletroeletrônicos, nunca estivemos tão cercados de números, unidades de medida e siglas que podem acabar se embaralhando na cabeça de qualquer pessoa.

 

Se você é apenas um usuário da eletricidade, ou seja, não lida com ela profissionalmente tal como eletricistas, engenheiros e arquitetos, é bastante comum pensar que a compreensão das grandezas elétricas está bem longe das suas prioridades.

 

No entanto, o conhecimento básico em elétrica pode lhe ajudar a fazer escolhas mais certeiras e criar hábitos mais seguros em casa e no trabalho. Quando se trata deste segmento, uma escolha errada pode implicar em problemas futuros e até mesmo acidentes.

 

Líder no fornecimento de materiais elétricos, a STECK explica abaixo quais são as principais unidades de medida e como elas ajudam a explicar as grandezas físicas da elétrica:

 

Ampere

 

Simbolizado pela letra A, o ampere é a unidade que mede a intensidade da grandeza física corrente elétrica. Como corrente elétrica é o movimento ordenado de elétrons em um condutor. O ampere nos ajuda a compreender a quantidade de carga em movimento em relação a uma unidade de tempo.

 

Usando uma analogia da hidráulica, é como se a corrente elétrica fosse a quantidade de água (carga) que flui em um cano (condutor) de um ponto a outro. Se monitorarmos a quantia de água que passa em um ponto do cano, saberemos o quanto dela passa a cada segundo naquele local (vazão).

 

Na elétrica, um ampere equivale a um coloumb (quantidade de carga elétrica) por segundo (quantidade de tempo). Um coloumb equivale a 6.2 milhões de milhões de elétrons.

 

O nome é homenagem ao físico francês André-Marie Ampère, cujos estudos eletromagnéticos nos ajudaram a compreender melhor a corrente elétrica. É uma das sete unidades básicas do Sistema Internacional de Unidades, ao lado do metro (m), segundo (s), quilograma (kg), kelvin (K), candela (cd) e mol. Delas, derivam-se muitas outras unidades que quantificam os fenômenos da natureza.

 

Volt

 

Se retomarmos a analogia hidráulica, para movimentar a água pelo cano, é preciso haver um estímulo, que está associando a uma diferença de potencial energético, ou seja, um desequilíbrio de forças que força o material se movimentar de um ponto a outro.

 

É por isso que os reservatórios de água costumam ficar em uma altura elevada do solo, pois assim tiramos proveito da força (pressão) exercida pela gravidade, que puxa a água em direção ao solo por conta da diferença de altura entre o reservatório e a torneira.

 

Na elétrica, a tensão é a força resultante da diferença de potencial elétrico gerada entre dois pontos. É isso que força os elétrons a se movimentarem no condutor, pois as cargas tendem a se mexerem do ponto com maior concentração de elétrons para o menor.

 

O potencial de transmissão de energia por carga elétrica é medido em volt, a unidade de medida da tensão elétrica – o termo voltagem (assim como amperagem), embora bastante popular, é incorreto. Trata-se uma homenagem ao italiano Alessandro Volta, descobridor da pilha voltaica, precursora da bateria elétrica.

 

Watt

 

O watt é a unidade de medida da potência elétrica ou ativa, ou seja, mede a capacidade efetiva de um aparelho transformar a energia elétrica em outra forma em relação a uma unidade de tempo, gerando um trabalho (atendendo uma necessidade).

 

Quando falamos que um modelo de chuveiro é mais potente que o outro, estamos dizendo que aquele aparelho é capaz de converter mais rapidamente a energia elétrica em térmica, aquecendo uma maior quantidade de água no banho.

 

Quanto mais energia for transformada em um menor tempo, maior será potência. Um watt equivale a um joule (quantidade) transformado a cada segundo (quantia de tempo).

 

A unidade de potência homenageia o engenheiro britânico James Watt, cujo melhoramento do motor a vapor foi um dos desencadeadores da Revolução Industrial no século XVIII.

Ultimas noticias