STECK apoia projeto Acessibiliza SP com produtos Smarteck®

São Paulo, dezembro de 2020Líder no fornecimento de materiais elétricos, a STECK apoia o projeto Acessibiliza SP, canal da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência de São Paulo que promove a acessibilidade e a inclusão como vetores da cidadania. A iniciativa terá início no dia 3 de dezembro e inclui um programa, o Facilitando, em que serão apresentados produtos da linha Smarteck®, que facilitam a vida das pessoas, principalmente daquelas que necessitam ainda mais de praticidade no seu dia a dia. De acordo com um levantamento da Prefeitura de São Paulo, 26,8% da população da cidade com 12 anos ou mais possui algum tipo de deficiência.

 

“A acessibilidade é um dos valores da STECK. Temos pessoas com deficiência em nosso quadro de colaboradores, mas é a primeira vez que temos uma linha de produtos que se conecta diretamente com esse público”, afirma Sandra Gregório, gerente de Marketing da STECK. “O objetivo da campanha é mostrar o que um lar conectado pode representar para todas as pessoas.”

 

As peças serão divulgadas nos canais do projeto Acessibiliza SP e da STECK. Participam da campanha a triatleta paraolímpica Jéssica Messali, o canal Avós da Razão e as influenciadoras Ketly Vieira (Acessibilidade Tô de Olho) e Isa Meirelles. Também vão participar funcionários da STECK.

 

A linha Smarteck® tem como proposta trazer ao mercado de automação residencial um mix mais acessível, simples e prático. A linha contempla soluções inteligentes para iluminação (lâmpadas), segurança (fechaduras digitais) e instalações elétricas (interruptores externos e internos, plugues e tomadas). Uma vez conectados, os usuários interagem com os dispositivos, por meio de um

 

aplicativo que foi desenvolvido totalmente em português e está disponível para download na Google Play e na App Store, para uso nos sistemas Android (Google) e iOS (Apple). Além do aplicativo, o comando de voz é mais um dos benefícios da linha, sendo um grande diferencial para pessoas com deficiência. Isso graças à ativação via speakers  como a Alexa, a Siri e o Google Assistant.

 

“Imagine uma mãe cadeirante que possa programar a luz para acender quando precisa amamentar. Ou uma pessoa com limitação de movimentos,  que possa apagar ou acender as luzes apenas com um comando de voz. Acessibilidade também é uma poderosa ferramenta de inclusão”, conclui Sandra.

Ultimas noticias